Carnaval de Salvador terá 10 dias de festa

Fôlego e animação não podem faltar para baianos e turistas que vão curtir o Carnaval 2016 em Salvador. Serão dez dias de festa com mais de 685 atrações, shows gratuitos e blocos nos sete circuitos oficiais. De acordo com a Secretaria de Cultura da Bahia, a estimativa é que o número de turistas seja 20% maior do que o carnaval de 2015, o que significa cerca de 1 milhão e 800 mil pessoas chegando na capital nos meses de janeiro e fevereiro.

O administrador Gustavo Fahel, 26 anos, que vem de Goiânia com a namorada e amigas, conta que está ansioso para curtir o melhor carnaval do mundo. “Desde o ano passado programamos essa viagem e queremos aproveitar o máximo que pudermos”, diz. Eles chegam no dia 3 de fevereiro, mas a festa, que tem como tema o slogan “Vem Curtir a Rua”, começa muito antes

carnaval-de-salvador-ter-10-dias-de-festa

O pré-carnaval acontece nos dias 30 e 31 de janeiro, na Barra. Além do domingo do Furdunço, que estreou em 2014 com a proposta de valorizar as apresentações de chão com fanfarras e bandinhas, o folião vai curtir também o sábado com o Fuzuê. A atração levará ao público uma espécie de Carnaval acústico, com bandas de sopro, percussão e batucada e vai desfilar no chão, sem veículo de som e sem cordas, fazendo uma releitura das festas de época e trazendo ainda mais pessoas para curtir a folia.

Rodrigo Sales, 25 anos, é educador físico e compartilha desta opinião. Para ele, que pula carnaval todos os anos, a festa se tornou mais aberta à participação popular. “Sempre me recusei a acreditar que somente quem tem dinheiro pode curtir a festa. Com mais dias de folia, grandes nomes do axé tocando e cantando especialmente para a pipoca, tenho certeza que será um sucesso”, diz.

Saulo Fernandes, Margareth Menezes, Baiana System, Igor Kannário e Psirico são algumas das atrações confirmadas nos trios de rua durante os dias oficiais do Carnaval. Outra novidade acontece no domingo, 7 de fevereiro, com o pôr do sol na Castro Alves, que terá um show para lá de animado da banda Baiana System e convidados, às 16h30.

Presidente da Saltur, Isaac Edington atribui o sucesso da folia ao espaço para a participação de todos. “Entendemos que fortalecendo o carnaval de rua estamos também estimulando o sistema como um todo: os blocos de trio, os camarotes, os afoxés, os trios independentes e o folião pipoca”, destaca.

Circuitos tradicionais
Entre os dias 4 e 9 de fevereiro, os circuitos Dodô (Barra/Ondina), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho) seguem programação definida pelo Conselho Municipal do Carnaval (Comcar). A novidade esse ano é que os circuitos Dodô e Osmar serão abertos diariamente com atrações direcionadas ao folião pipoca. Além disso, os blocos que desfilam no Centro voltarão a fazer o contrafluxo na Rua Carlos Gomes.

Novos espaços
Além dos quatro circuitos tradicionais (Dodô, Osmar, Batatinha e Sérgio Bezerra), mais três são oficializados para 2016. O Circuito Riachão compreende o trecho percorrido pela Mudança do Garcia, que vai do Garcia até a Passarela Nelson Maleiro, no Campo Grande. Já o Circuito Orlando Tapajós compreende a Avenida Oceânica, entre o Clube Espanhol e o Largo do Farol da Barra, e receberá o pré-Carnaval na Barra, com o Fuzuê e o Furdunço. O Nordeste de Amaralina é palco do Circuito Mestre Bimba, que vai da Rua do Norte à Rua do Sítio Caruano.

Outros locais
No dia 30 de janeiro a festa acontece no Imbuí, Ribeira, São Cristóvão, Stella Mares e Pituba, que recebem mascarados, crianças fantasiadas e famílias inteiras em algumas de suas principais ruas para festejar e interagir. Os eventos contarão com cerca de mil pessoas em cada bairro e terá atrações musicais de chão, prometendo grande animação. O Imbuí repete a folia também no dia 31.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *