Inseticida é aplicado nos circuitos do carnaval para combater Aedes aegypti

Inseticida é aplicado nos circuitos do carnaval para combater Aedes aegypti

Inseticida é aplicado nos circuitos do carnaval
de Salvador (Foto: Imagens/Tv Bahia)


Os circuitos do carnaval de Salvador começaram a receber a aplicação de inseticida nesta quinta-feira (9). O objetivo da ação é diminuir os riscos de transmissão da dengue, da zika e da chikungunya durante a festa, quando aumenta o fluxo de moradores e turistas nas localidades. No Centro Histórico, a aplicação ocorreu na madrugada. Já no Farol da Barra, o trabalho começa a partir das 17h, também desta quinta.

Conforme a coordenadora de Vigilância à Saúde de Salvador, Isabel Guimarães, a ação pretende controlar os focos de procriação do mosquito. “A borrifação não será só nos circuitos principais como Barra, Ondina, Pelourinho, Avenida Sete e Campo Grande, como também nos bairros onde terão palcos para o carnaval”, disse.
Isabel Guimarães informou também que o inseticida é considerado seguro para a população. Ainda assim, ela destaca que a borrifação está sendo realizada nos momentos de menor circulação de pessoas.
“Ele [o aparelho que borrifa o inseticida] faz uma dispersão de gotículas de inseticida que tem a pretensão de encontrar o mosquito no seu raio de voo. Ele fica de 40 a 50 minutos em suspensão no ar e todos os mosquitos que estiverem voando serão alcançados pelo inseticida”, explicou.
Isabel destaca que a ação é complementar e que cada um tem que fazer sua parte para evitar a proliferação do Aedes aegypti.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *